quarta-feira, 20 de setembro de 2017

21 DE SETEMBRO - PARABÉNS PRO MARCONDES

Registro felicitações ao meu primo Marcondes, que muda de idade. Costumo dizer que Marcondes é diferente... É bom de espírito, bom caráter, de bom trato, prestativo, coração grande, alem de ser além de primo, um irmão que não tive. Desejo tudo de melhor que o Criador possa proporcionar, e que todos os seus sonhos sejam realizados.

Parabéns, felicidades sempre e que o Deus todo poderoso o abençoe abundantemente...

terça-feira, 19 de setembro de 2017

REFORMA TRABALHISTA - FÉRIAS

As férias poderão ser divididas em até três períodos. Nenhum dos períodos pode ser menor do que cinco dias corridos e pelo menos um deles deve ser maior do que 14 dias corridos.
Os empregados que estão sob o regime de tempo parcial passam a ter direito a férias de 30 dias após cada período de 12 meses de trabalho, não estando mais sujeitos às regras de férias proporcionais.
Menores de 18 anos e maiores de 50 anos terão a possibilidade de fracionamento de férias.
Além disso, as férias não podem começar nos dois dias antes de um feriado ou do dia de descanso na semana.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

CURTAS...

... A política de Nova Russas é mesmo diferenciada. Nunca para de se assuntar... Teremos novas resenhas nos próximos dias...

... De onde menos se espera, se vem as novidades... Apoiador de primeira hora deverá deixar a sombra nos próximos dias... Quem, quem... Conto mais adiante...

... Só se sabe que o mesmo já tava acostumado com a sombra já algum tempo...

... O fato é que a atual Gestão juntou antagônicos com a habilidade de quem os desmoralizam pela precisão... 

... Plano de Poder passa pelo Parlamento, e não se espante se a eleição do dia 10 de Dezembro, for antecipada para uma alteração nas regras agora em Outubro... Aguarde!!!

... Encontro de fogo amigo em grande Supermercado da Capital... Ambos empurrando os carrinhos e tricotando. Com uma diferença, um estava quase vazio e o outro lotado...

... Guerra fria dentro da base ganhará mais força com fuxico bombástico que deverá rodar as calçadas a partir do dia 20...

... Vixe, num tá longe não??? Tá, mais só acontecerá após o dia 20...

... Arquivo morto poderá ser ativado para a possível guerra que esquentará...

... Ordem superior visa incinerar imagem de Secretário, pois enfraquecendo fica mais fácil argumentar a ...

... E pra finalizar... Gostaria de ver como seria uma reunião do Prefeito com toda sua base aliada...

OPINIÃO - A CRIMINALIZAÇÃO DA POLÍTICA

O taxativo esforço em se criminalizar a política tem vários desdobramentos, inclusive o perigoso caminho de retrocedermos à época dos extremos. A política é certamente o meio mais democrático de se discutir caminhos para solução das mazelas sociais, todavia, é notório que quando composta por atores de personalidades distintas e apartadas dos propósitos coletivos, certamente deturpará o propósito fim da política.
É preciso duvidar de tudo o que se lê, se ouve e se vê... A informação deve ser filtrada no crivo da consciência, onde confrontará com os conhecimentos já adquiridos, e mesclará com uma opinião já formatada. Mas é necessário este filtro. A vulgarização da política como adjetivo de coisa errada, tem se impregnado cada vez mais no seio social, e criado muitas vezes juízo de valor acerca de determinado nome, descartando o fato, e criando o mais nocivo, o pré julgamento.
A corrupção quase que generalizada, impõe a sociedade cenários que projetam o menos ruim ao invés do melhor... Distorce vontades, e aparta cada vez mais o meio social do meio político... As frequentes abstenções nos processos eleitorais retratam um cenário de uma população cada vez mais enojada de política, e que prefere se abster do processo político do que enfrentá-lo e opinar. Na verdade, o que os maus políticos querem é esse isolamento, visto que a política é terreno fértil para debates e soluções para problemáticas sociais, e não lugar de se fazer meio de vida.
Reformar a política passa por três pilares: a) O fim da reeleição em todas as esferas; b) A desoneração do processo político; c)E as candidaturas avulsas. Iremos pontuar a seguir cada ponto, mas sem antes lembrar que pro processo melhorar, é preciso educar nossos eleitores para a escolha adequada, e isso certamente demanda muito tempo, recursos e o que é pior para a classe política: Libertará o eleitor.
O fim da reeleição certamente corrigirá esta aberração que distorce o espírito da democracia em se ter no mandato uma contribuição, e não uma confusão do público com o privado. Do Vereador ao Presidente da República, é preciso lembrar que o cargo eletivo deve ter caráter de transitoriedade, de contribuição, e não meio de vida. A desoneração política é um fluxo natural com os adventos dos freios como a Ficha Limpa, os limites dos gastos com diminuição progressiva e a própria transparência... Porém o vulgo caixa dois é algo que salta aos olhos da cega Justiça Eleitoral, e faz mal ao processo pois permite que negociações de alcovas sejam ajustadas ao redor do mandato. Outra pontuação é sobre a desobrigatoriedade da filiação como direito à candidatura, pois a aglomeração partidária deve ser balizada na conquista ideológica, por motivações livres que jamais devem ter as correntes da obrigatoriedade como pretexto de enfraquecimento partidário.
Os ajustes na Política, não podem mais serem instrumentos de situação, que se moldam para cada eleição e depois se muda novamente, conforme a vontade da classe política da época. Precisamos ter Leis fortes e contundentes, que balizes e dê ao processo político a legitimidade das urnas e da origem do poder para a valorização popular.

CHARGE DO DIA...


domingo, 10 de setembro de 2017

JANOT SE ENCONTRA COM ADVOGADO DA JBS INFORMALMENTE...


O advogado Pierpaolo Bottini atendeu ordem expressa do seu cliente Joesley Batista, quando abordou o procurador geral Rodrigo Janot em um bar de Brasília, num gesto desesperado do dono do grupo J&F/JBS para tentar reverter ainda neste sábado (9) o pedido de sua prisão protocolado no Supremo Tribunal Federal (STF) na noite de sexta.É conhecido o hábito de Janot de freqüentar a área comercial da QI 15 do Lago Sul, em Brasília. É um hábito solitário, testemunhado por muitas pessoas. O encontro com o advogado ocorreu e um bar dessa quadra. O site Antagonista divulgou foto que documentou esse encontro, no qual Janot aparece com expressão fechada, de poucos amigos, diante do advogado que tem um copo de cerveja à sua frente. Bottini divulgou que o encontro foi “casual”, e essa foi a explicação que ele mesmo deu ao abordar o procurador-geral. No bar, a suspeita é que a foto foi obra de pessoa ligada ao advogado.
DIARIO DO PODER/ BSB

sábado, 9 de setembro de 2017

SÚMULA QUE PROIBE O NEPOTISMO NÃO SERVE PARA SECRETÁRIOS MUNICIPAIS...

Cargos de natureza política, como o de secretário de Estado ou secretário municipal, não se submetem às hipóteses da Súmula Vinculante 13, que veda a prática do nepotismo na administração pública.

Assim entendeu o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, ao suspender efeitos de decisão que determinou o afastamento do secretário de Comunicação do município de Canoas (RS), Rodrigo Busato. O problema, para a Justiça do Rio Grande do Sul, é que ele foi nomeado pelo pai, o prefeito Luiz Carlos Busato (PTB).

Na análise de ação popular ajuizada contra a nomeação de Rodrigo no início deste ano, o juiz da 4ª Vara Cível da cidade concedeu liminar para determinar o seu imediato afastamento do cargo, sem direito ao recebimento da remuneração. A decisão foi mantida pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Na reclamação apresentada ao Supremo, o secretário disse que a proibição contida na súmula não alcança agentes políticos, salvo casos de comprovadamente ter havido fraude à lei ou troca de favores, o que não se verificaria na sua nomeação. Alega ainda a inadequação da ação popular para questionar o ato em discussão e a ilegitimidade das partes que a ajuizaram.

Segundo Gilmar Mendes, relator do caso no STF, a corte já decidiu várias vezes que o enunciado sobre nepotismo não se aplica a esse tipo de situação. Ele também concluiu que foram preenchidos os requisitos da plausibilidade jurídica do pedido e do perigo na demora da decisão, que autorizam a concessão de liminar.

Para o ministro, o afastamento do cargo sem o recebimento de remuneração e o decurso do mandato eletivo são suficientes para configurar o perigo da demora. A liminar suspende os efeitos das decisões de primeira instância e do TJ-RS até o julgamento de mérito da reclamação. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

ONDE VAMOS PARAR???

Fonte: Google
A musicalidade do início dos anos 80, que expressava o grito reprimido pela ditadura, nunca foi tão usual como nesses dias. Ora, mas a ditadura não caiu? Sim, a do porrete, a da repressão pela violência, da tortura... Caiu sim. Mas outra se instalou, e trouxe a sorrateirice da descarada corrupção que acorrenta, escraviza e condena a origem do poder, a seguir o fluxo do capital.

O Brasil da Independencia, da Abolição e das diretas, tem em comum o brasileiro que em espírito não "foge a luta". Vivenciamos dias tenebrosos que berlindam os escassos e sem qualidades seviços públicos em detrimento de uma corrupção generalizada que alicersa a perpetuação no Poder. Mas afinal, Onde vamos parar? Onde chegaremos com as operações que "lavam" o Brasil, literalmente? Quando de fato raiará o "Sol da Liberdade no horizonte do Brasil"?


De certo, temos o guerreiro espírito do Brasileiro, que diante das adversidades impostas, margeia a mão falha estatal e buscam na criatividade encontrar dias melhores, e plantar pro hoje sementes que germinarão frondosos dias para esses filhos da Pátria. Nesse dia da Independência, nada melhor doque cultuar o bairrismo por este torrão, e lembrar que no próprio Hino da Independência se faz alusão a "brava gente brasileira", frizando o espírito de luta desta gente, ao ponto que deseja ou "lutar pela Pátria Livre", da corrupção que ceifa vidas e desesperança, ou morrer pelo Brasil.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

TODA UNANIMIDADE É BURRA...


Em meio ao espírito democrático que vivemos, onde é preciso respeitar os contrários, as diferenças e principalmente opiniões diversas. É cada vez mais usado o contraditório para equilibrar e impulsionar a democracia para seu propósito fim. A política deve ser campo de francos e produtivos debates, onde se mescla de fato opiniões e proposituras antagônicas em prol do desenvolvimento social.
A unanimidade deve ser expelida da democracia, principalmente quando a motivação dela se dá por subterfúgios que tem a barriga como principal fator decisivo. É lastimável se ver meios políticos rendidos não ao propósito do mandato, mas a vontade unilateral de um poder que pretende ser centralizado por uma só mente. Que desenvolvimento social estamos praticando??? Em quem estamos votando??? Que tipo de políticos estamos elegendo???
Precisamos cada vez mais de políticos que tenham o contraponto sua principal arma de desenvolvimento social. É preciso formarmos consciência de políticos que façam jus ao salário que recebem no fim do mês. Não se pode mais admitir que mandatos sejam corriqueiramente confundidos com meios de vida, profissões e afins... É necessário que a oposição e situação tirem o Executivo do centro das discussões, e passem a colocar o POVO, que os elegem e são detentores de fato do poder.

domingo, 27 de agosto de 2017

DISPERDÍCIO CRIMINOSO DE ÁGUA EM NOVA RUSSAS...

A foto acima é do local conhecido como três postes, em Nova Russas. Por diversas vezes narramos aqui sobre vazamentos d'água na adutora de engate rápido que liga oAçude Araras e as cidades de Nova Russas e Crateús. A referida adutora custou aos cofres públicos estaduais o montante de 82 milhões de reais, numa obra emergencial.
Os frequentes vazamentos no percusso da adutora criam uma imagem de falsa abundância, e provoca revolta em uma população que não vê sóu água ser extruida, mas dinheiro público ser desperdiçado em meio a uma estiagem de todos os prismas que castiga o Ceará. Pura irresponsabilidade gerencial, que beira a ser criminosa diante da seca. 
É preciso providências urgentes... É preciso envolvimento da sociedade civil organizada, da classe política, dos mandatários, do Governo do Estado, do Ministério Público Estadual... Enfim, algo precisa ser feito...