quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

O LEGADO DA COPA

COPA 2014: QUALIDADE DAS OBRAS DO SISTEMA VLT FORTALEZA
Passarela de concreto desaba e causa transtorno no trânsito do bairro Cocó. A remoção da estrutura que ruiu pode demorar até 48 horas. Nada se comenta sobre a qualidade das obras. O SISTEMA VLT FORTALEZA era uma  principais obras da COPA 2014, de um porfolio que incluia o a nova Estação de Passageiros do Aeroporto Internacional de Fortaleza, o Acquario  Ceará e a Linha Leste do METRO FORTALEZA, todas inconclusas e algumas delas de qualidade duvidosa. Enquanto isto a SEINFRA/ Secretaria Estadual de Infraestrutura emitiu nota onde informa que todos os equipamentos instalados estão em "excelente estado de conservação".

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

O FLUXO NATURAL DO RIO...

Assim como um rio, nossa vida deve seguir o fluxo natural das coisas... Nascer, crescer, reproduzir e morrer... A morte é um certeza que temos, todavia é uma chagada distante sempre, pois nosso inconsciente quer viver. Não se sabe se mais pelo desconhecimento, ou pela vontade de ficar. O que se tem como certo é que queremos ficar o máximo de tempo aqui.
O fluxo natural das coisas é em regra o Pai (Mãe) serem enterrados pelos filhos, visto a cronologia. Um doloroso momento, que uma hora ou outra, chegará. Porém esse fluxo natural do rio quando é alterado, gera traumas em seus afluentes, assim é a ordem das coisas quando é invertida, quando o Pai (Mãe) enterra sua cria... Somos emoção pura, e é difícil imaginar o tamanho da dor da despedida precoce de um Pai (Mãe) a um filho estimado, que em tese tinha um futuro enorme pela frente, que em tese teria mais tempo por conta da lógica da mortandade.
Como em todos os momentos difíceis da existência humana, recorremos a espiritualidade, e nos apegamos em crenças espirituais para encontrar afago em traumas causados pela desordem do abrupto interromper do fluxo natural do rio da vida. É válido lembrar que pelos ensinamentos Cristão, Deus viu isso... Enterrou seu próprio filho em carne e osso em prol da nossa salvação... Mostrou-nos e pavimentou o caminho para a luz, para a vida eterna, para o convívio espiritual. E ele como Criador do Universo, poderia ter egoistamente ter trazido seu único herdeiro para imperar, mas trouxe para servir de alento, para mostrar ensinamentos e dirigir-nos ao caminho eterno.
A nossa carnalidade grita e fere a alma diante da perda material, mas é válido lembrar que somos só instrumentos da VONTADE DE DEUS. Para quem crer, nada... Nada, acontece nesse plano, que não seja pela vontade daquele que nos deu tudo...

Jesus da Costa

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

SAAE DE NOVA RUSSAS ARRECADA MAIS 2.7 MILHÕES EM 2017

A principal Autarquia que compõe a Gestão Pública de Nova Russas arrecadou no decorrer do ano de 2017, a quantia de R$ 2.714.660,29 (Dois Milhões Setecentos e Quatorze Reais Seiscentos e Sessenta Reais e Vinte e Nove Centavos). O aumento considerável da Receita foi em virtude aumento considerável da tarifa em meados do ano passado, e que noticiamos AQUI. Fora arrecada em 2017, um valor aproximado ao correspondente dos anos de 2015 e 2016 SOMADOS.


A CONDUÇÃO DA CÂMARA...

Experimentado por duas vezes como líder do Executivo, o Vereador Teixeira de Freitas é habilidoso e esperamos que conduza a Câmara com muita política e diálogo. Espero que o mesmo reabra o Legislativo à população, e faça com que os meios de interação da Câmara de Nova Russas sejam utilizados. O site, por exemplo, é "inútil"... Não se tem minimas informações atualizadas no endereço eletrônico da Câmara. As Sessões Legislativas são fidedignamente filmadas, pagas com o dinheiro público, mas não são mais retransmitidas em meios virtuais, como fazia o Ex Presidente Kapita.
A Câmara é um poder que deve ser independente e harmônico, sendo que a harmonia do texto Constitucional não tem nada a ver com subserviência, é sim interpretada como uma política de freios e contrapesos para dar equilíbrio ao gerenciamento da coisa pública. É inaceitável condutas omissivas ao despriorizamento dos gastos da Administração Pública com o interesse da coletividade. A conduta pública pode pecar por erro, contanto que se tenha como propósito o acerto. O que é reprovável é a conduta acovardada da omissão.
Nova Russas vive a mais de uma década dias difíceis, arrasta-se vagarosamente por baixo da mesma mesa de onde cai migalhas da farta ceia que degusta municípios acostados. Assiste apaticamente ex distritos caminharem a passos mais largos do que sua ex sede, e bate cabeça no confronto insistente do interesse público com o deplorável interesse da barriga, e do salvem-se quem puder... Está na hora de austeridade, fiscalização, postura cobrativa, gestão, organização e acima de tudo planejamento para projetarmos uma cidade melhor para o futuro. O Poder Legislativo Local irá mudar a postura?? Será que em 2018 teremos uma produção Legislativa que se desvicie de nomes e títulos de homenagens, e se comece a discutir proposituras que mude de fato a vida das pessoas??? Onde estão as promessas de campanha??? Você, eleitor, sabe dizer ou citar algum projeto do Vereador que votou em 2016, e que teve todo um ano pra apresentá-lo??? 

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Obrigação de pagar pensão não passa automaticamente dos pais para os avós...


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) possui entendimento de que a obrigação dos avós de pagar pensão alimentícia é subsidiária, já que a responsabilidade dos pais é preponderante.

As decisões demonstram a interpretação dos ministros em relação ao Código Civil, que prevê o pagamento da pensão por parte dos avós (conhecidos como Alimentos Avoengos ou Pensão Avoenga) em diversas situações. A morte ou insuficiência financeira dos pais são duas das possibilidades mais frequentes para a transferência de responsabilidade da pensão para avós.

Em todos os casos, é preciso comprovar dois requisitos básicos: a necessidade da pensão alimentícia e a impossibilidade de pagamento por parte dos pais, que são os responsáveis imediatos.

Diversas decisões de tribunais estaduais foram contestadas junto ao STJ, tanto nos casos de transferir automaticamente a obrigação para os avós, quanto em casos em que a decisão negou o pedido para que os avós pagassem integralmente ou uma parte da pensão alimentícia.

Em uma das decisões, o ministro Luís Felipe Salomão destacou que a responsabilidade dos avós é sucessiva e complementar, quando demonstrada a insuficiência de recursos dos pais. Na prática, isso significa que os avós, e até mesmo os bisavós, caso vivos, podem ser réus em ação de pensão alimentar, dependendo das circunstâncias.

Fonte: Nação Jurídica

CURTAS...

... Ano novo ou novo ano??? Sabe-se que muita coisa mudará na política local em detrimento ao novo comando da Câmara...

... A ressuscitação política de um clã pode despontar com a nomeação de um novo componente do 1º escalão... Quem, quem, quem???

... Orador mais jovem na posse da mesa diretora da Câmara, mostra quem tomará o protagonismo do grupo derrotado na última eleição...

... Aditivo em licitação ajuda a selar feitos...

... Terceiro parlamentar a votar no candidato do Presidente da Câmara, está bem oleado... Se vai vingar??? Ai o tempo dirá... Só se sabe que...

... Sairá da base da situação mais um cabo eleitoral...

... Engessamento de língua é testado pela primeira vez em Nova Russas...

... Fim de ano marcado por encontro as escondidas entre Ex e atual... Olavo Bilac foi o palco...

... Indicado de Ex Prefeito, é reconduzido oficialmente ao cargo... Estranho, muito estranho...

... Pai e filho nomeados nos primeiros dias de 2018... Tudo salvo...

... Faturamento record da maior autarquia do município, com os mesmo serviços... Conto mais adiante o nome do proprietário da empresa que foi contratada para...

... Festa em apartamento na orla de Fortaleza foi com o espírito de fenix... 

... A matemática incompreensiva da situação... troca 6 por 2, e agora fica com 3... Dá pra entender???

... Eleição do Deputado Situacionista pode ser comprometida por erro de calculo local...

... E por falar no Deputado do Prefeito, o mesmo foi visto batendo a porta de partido de Vereador da oposição... É bom correr, pois o tempo urge...

... Farra de nomeações de comissionados marca o início de 2018... Sabe quem são os principais apadrinhadores???? Conto em matéria específica...

... Só digo uma coisa... Caminho perigoso esse... Muito perigoso...

CIRO GOMES É CONDENADO A PAGAR INDENIZAÇÃO POR OFENDER CAPITÃO WAGNER

Fonte: Google
Pré-candidato à Presidência, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) foi condenado a pagar indenização de mais de R$ 30,6 mil por ofensas e acusações publicadas contra o deputado Capitão Wagner (PR) nas redes sociais.

Na mensagem que motivou a ação, Ciro acusa Wagner de “chefiar milícia” na Polícia Militar do Ceará e o chama de “frouxo” e “fuxiqueiro”.

A sentença foi emitida em 19 de dezembro passado pela juíza Roberta Pontes Maia, da 38ª Vara Cível de Fortaleza. Na decisão, ela destaca entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de que o direito à livre expressão “não é absoluto” e deve respeitar a máxima constitucional da dignidade da pessoa humana – sobretudo dos direitos à honra e à imagem.
30 mil é o valor da condenação, com juros e correção monetária, que pesa contra Ciro

“Nessa linha, avaliando as condições financeiras das partes, a reprovabilidade da conduta, o comportamento do reclamado, as consequências nocivas dos atos e o caráter coercitivo e pedagógico da indenização (...), tenho por suficiente e necessário a quantia a ser imposta de R$ 20 mil”, disse, fixando ainda mais 1% de juros – calculado a partir de junho de 2014 – ao mês.

Como a decisão é de 1ª instancia, Ciro ainda poderá recorrer da condenação. Em sua defesa no processo, o ex-ministro disse ter exercido liberdade de expressão, com “crítica política inerente ao processo eleitoral”. Ele alega ter sido alvo de ofensas e acusações por Wagner em diversas ocasiões.

O deputado, no entanto, afirmou ter sentido “imensurável constrangimento” pelas acusações de Ciro. “Sentiu até mesmo vergonha por sua família e até de sair de casa e encarar as pessoas da sociedade, chegando inclusive a passar por momentos altamente depressivos, causados pelo desalento e pela opressão de ver-se difamado, injuriado”, diz.

Mensagem no Facebook
A postagem que motivou a ação foi publicada por Ciro em sua página do Facebook em 14 de junho de 2014. No texto, o ex-ministro contestava rumores de que Capitão Wagner seria indicado secretário da Segurança do Estado caso Eunício Oliveira (PMDB) vencesse disputa pelo governo do Ceará.

“O povo precisa saber se Eunício vai nomear um vereador jovem, inexperiente e investigado como chefe de milícia, como secretário de Segurança Pública do Ceará”, disse Ciro, que ainda chama Wagner de “mocinha fuxiqueira” e covarde.

“O promovido fez opções infelizes de substantivos e adjetivos que superam o direito de opinar, de informar, de discutir politicamente, revelando-se propriamente em ofensas à honra e à imagem da vítima”, registrou a juíza na sentença.

Na época da publicação, no entanto, Capitão Wagner revidou críticas de Ciro, chegando a acusar indiretamente o ex-ministro de cometer crimes e consumir drogas.


Saiba mais 


A mensagem que motivou a condenação não foi o primeiro embate entre Ciro Gomes e Capitão Wagner sobre o mesmo tema.

Em maio de 2014, Ciro chamou Wagner de “picareta” e o acusou de chefiar milícia ligada ao narcotráfico na PM.

Na época, corporações policiais chegaram a abrir investigação sobre o tema. Wagner defendeu abertura de CPI sobre o caso na Câmara Municipal, colocando a disposição seu sigilo telefônico. A proposta, não seguiu adiante na Casa.

O POVO procurou Ciro Gomes para que ele comentasse o caso, 
mas não teve resposta.

CHARGE DO DIA...


ANO NOVO...

Felicito todos os conterrâneos por mais um ano que se inicia, em especial os que nos dão o prazer da leitura diária dos textos aqui postados. Iniciamos em 2012 um editorial que tem propósitos de exercer a cidadania em virtude do interesse coletivo. Temos uma frequente visita superior a 5 mil acessos diários, o que já nos dá totalização de mais de 5 milhões de acessos... Abordamos aqui desde ilustrações chargistas, até denuncias graves do manuseio da coisa publica.
Nossa linha editorial tem sido sempre coerente em um pensamento definida pelo conhecimento e a liberdade de expressão, atrelado sempre ao espirito cobrativo da Administração Pública em detrimento ao interesse coletivo. Penso que a política não é terreno fértil para locupletadores da coisa pública, mas sim de vocacionados que tendem a servir e resolver mazelas sociais, sempre priorizando os feitos mais impactantes do prisma do desenvolvimento social.
Nova Russas, minha terra, enfrenta desertos infinitos, com longincuos de ver algum oásis. A coisa pública está voltada para os interesses de clãs, e não da coletividade como deveria ser. Lastimamos grotescos feitos, mas cobramos dos que tem postulações eletivas posturas retilíneas e voltadas para o bem das massas. Em 2017, quase nada de estrutural foi feito em Nova Russas, o Poder Legislativo teve produção legislativa pifia, enclausurou-se numa redoma de censura, e transformou-se num puxadinho do gabinete executivo.
As posições de inercia do Governo passado, são as mesmas do atual, os meios imitativos impressionam nossa capacidade de pensar, e leva nossa ideia a matutar se é o chefe que temos que mudar ou os que lhe cercam? Quem de fato manda no Executivo? Enfim, não quero em nenhuma postagem minha, despertar ódios nem muito menos denegrir imagens pessoais de nenhum gestor, mas quero questionar e cobrar maus feitos dos gestores. Nada tenho de animosidade com nenhum ator político de Nova Russas, todavia a errônea interpretação e a confusão do público com o privado, certamente dá rumos diversos aos questionados em nossos textos.

Todavia, iremos seguir adiante, formando, lutando e principalmente cobrando dos que foram votados e não para fazer sem desculpas... Tenham todos um feliz 2018, e vamos adiante!!!